A estação mais quente do ano aos poucos se aproxima e com ela vem a vontade de vestir looks leves, frescos e coloridos acompanhados de sandálias, rasteirinhas, peep toes e outros sapatos abertos que deixam os dedinhos a mostra. Para fazer bonito, nada melhor que exibir pés lindos e bem cuidados. Para te ajudar nessa tarefa o blog do W separou algumas dicas para vocês:

Alguns cuidados são fundamentais para quem quer garantir pés impecáveis. A hidratação é um dos principais: ela não só deixa os pés macios como também evita o aparecimento de rachaduras. O ideal é que seja feita ao menos uma vez ao dia e de preferência após o banho, quando a pele absorve melhor o produto.

Outra atitude importante é cuidar deles também durante o banho, lavando todos os cantinhos entre os dedos, e ao menos uma vez por semana realizar uma esfoliação, que ajuda a renovar a pele e a remover as células mortas. Não esqueça de secá-los corretamente, para evitar que fiquem resíduos de água na região, o que pode ajudar no desenvolvimento de micoses e frieiras.

Quando for cortar as unhas, dê preferência para o formato quadrado e tome cuidado para não deixar nenhum pedacinho nos cantos que possa encravar ou inflamar. Caso isso aconteça, não tente mexer na unha, procure um podólogo. Se for à praia, não deixe de proteger os pés. A pele da região é tão delicada quanto à do restante do corpo e pode sofrer queimaduras da mesma maneira.

Os salões do Studio W contam com uma hidratação específica para os pés a base de colágeno e elastina. “Essa hidratação é ideal para quem tem os pés ressecados, pois combate as rachaduras deixando a pele suave e macia”, explica a manicure e pedicure Márcia, do W Iguatemi. Esse tratamento, além de super relaxante, deixa os pés incríveis.

FALANDO NISSO…

Com os pés lindos e bem cuidados, que tal exibí-los por aí vestindo uma bela espadrille? O calçado, que foi a grande tendência do verão europeu, também promete vir com tudo na próxima estação aqui no Brasil.

O nome espadrilles (pronúncia-se “espadríes”) tem origem francesa e refere-se às peças com  solado de corda, ráfia ou juta, que dão ao sapato um aspecto rústico e elegante ao mesmo tempo. Podem ser encontradas em diferentes estilos: sem salto (flats), de salto plataforma ou anabela, com laços de amarrar na perna ou tira no tornozelo.


Confortáveis e fáceis de combinar, elas são a cara do verão, e como deixam o look com um estilo mais descontraído, são perfeitas para usar com roupas leves e casuais. Invista em vestidinhos, saias, shorts, macaquinhos, calças com tecidos naturais e modelagens soltinhas.

UM POUCO DE HISTÓRIA

As espadrilles, também conhecidas no Brasil e na Espanha como alpagartas, foram criadas há mais de 600 anos na Catalunia. Usadas por camponeses, eram feitas de tecido com solado de corda derivado do esparto (tipo de planta mediterrânea). Mais tarde, passaram a ser usadas por trabalhadores e soldados espanhóis que perceberam que os fios de juta no solado protegiam os pés do frio, calor e umidade.

Por volta da década de 1950, a onda de industrialização que atingiu a Espanha, fez com que os trabalhadores migrassem das áreas rurais para as fábricas e com isso não precisavam mais dessas sandálias, ideais para ficar sob o sol. Com isso, muitas confecções acabaram fechando, com exceção da fábrica da família Castañer, que apesar da crise, se recusaram a fechar, buscando como alternativa glamourizar o sapato, vendendo-o para a classe média catalã. O negócio deu tão certo, que a família começou a levar o calçado para as feiras de moda na França. Em uma dessas feiras, conheceram o estilista Yves Saint-Laurent, que encomendou um modelo com salto – que nunca havia sido feito – e que assim que lançado, virou febre nos anos 70.

Personalidades importantes contribuíram para a disseminação do uso de espadrilles ao longo do século XX. John Kennedy, presidente dos Estados Unidos, usava em ocasiões informais. Salvador Dali e Pablo Picasso, também já foram fotografados usando um par. As atrizes Audrey Hepburn, Grace Kelly e Lauren Bacall ajudaram a popularizar a peça entre as mulheres, graças ao seu uso no cinema.

Imagens: Studio W e Reprodução



Deixe seu comentário:

Content Protected Using Blog Protector By: PcDrome.