Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Hoje, nosso destino é: Suiça!

Caminhe em prados alpinos, esquie no gelo glacial ou relaxe em lagos cristalinos nas montanhas. Conheça pessoas que não perderam nada de seu charme natural, que são a síntese da variedade cultural e das paisagens alpinas.

Mas a Suíça vai muito além de sua natureza empolgante. Sempre há alguma atração nas cidades, seja por belas artes ou design, mercados artesanais ou arquitetura contemporânea.

No verão, é possível nadar em um lago nas montanhas; passar uma noite ao redor das montanhas ou escalar uma das 48 montanhas de mais de 4 mil metros de altura. Já no inverno, 7.300 quilômetros de pistas destinadas aos esportes de neve e 5.000 quilômetros de trilhas, você vai encontrar mais de 500 quilômetros de pistas de tobogã.

A capital da Suíça tem muitos charmes. A cidade antiga é emoldurada pelo rio Aare e oferece panorama espetacular dos Alpes. Com seus 6 km de construções em calcário e arcadas medievais, suas fontes renascentistas com figuras coloridas e sua linda catedral cercada por telhados pitorescos, Berna, fundada em 1191, é uma verdadeira jóia da arquitetura medieval na Europa.

A região da Jungfrau–Aletsch–Bietschhorn foi considerada Patrimônio Mundial pela UNESCO em 2001. Conhecida pela extraordinária beleza de suas paisagens, foi o primeiro local nos Alpes a garantir essa distinção honrosa. A Geleira Aletsch é a maior geleira dos Alpes, com comprimento de 23 km. Cruzar a geleira Aletsch é realizar uma viagem magnífica em um mundo encantador de gelo e rochas, flores e florestas alpinas.

Situado na Região do Lago de Genebra entre duas aglomerações urbanas, Montreux-Vevey a leste e Lausanne a oeste, o Patrimônio Mundial de Lavaux não é somente um antigo vinhedo de fronte para o Lago de Genebra e Alpes, mas uma “paisagem cultural” viva, um testemunho marcante de uma civilização autêntica e dinâmica. Esse pequeno território de 900 hectares uniu os monges que iniciaram a vinicultura. Atualmente, Lavaux é uma ilustração perfeita de uma história de amor entre a terra e sua gente.

Dica especial: Não deixe de visitar nenhum topo de montanha na Suíça. Existem cerca de 670 bondinhos e estradas de ferro dentadas permitem o acesso aos mais lindos recantos nas montanhas. O ponto alto de qualquer viagem à Suíça é uma excursão em uma de rotas panorâmicas. Sente-se, relaxe e aproveite a vista da janela panorâmica de um trem, um ônibus dos Correios ou do convés de um barco. Sem esquecer, é claro, dos deliciosos chocolates suíços.

Para realizar esse sonho de viagem, entre em contato com a Agaxtur pelo telefone (11) 3067-0900 ou acesse www.agaxtur.com.br.

Publicado em 11 junho, 2010

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *