Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

O destino dessa quinzena é Vancouver, uma cidade super empolgante, que reúne a grandiosidade típica das poderosas metrópoles, sem deixar de lado o charme interiorano.

Localizada no extremo oeste do Canadá, ela é considerada uma das melhores e mais belas cidades do mundo para se viver. As paisagens naturais, ricas em flora e fauna, em contraste com o charme e tecnologia da cidade, encantam todos os visitantes. Além das praias e estações de esqui, é possível explorar mais de 180 parques na região. O principal é o Stanley Park, o maior do país, que possui uma exuberante floresta com árvores de mais de cem anos de vida e 76 metros de altura, lagos, campos e uma muralha marítima ao seu redor, muito utilizada para caminhadas, ciclismo e patinação.

Com uma grande infra-estrutura para os mais diferentes tipos de esportes, a cidade costuma agradar tanto iniciantes quanto profissionais. Para os que desejam esquiar, a estação “Whistler Resort” é uma das mais indicadas. Considerada a melhor da América do Norte, a paradisíaca estação, está localizada nas espetaculares montanhas da British Columbia, logo ao norte de Vancouver. Com charme de vila européia, oferece, além de 7 mil acres de descidas verticais, ótimos restaurantes e lojas de alto nível. Além do esqui e do hiking (uma espécie de caminhada nas montanhas), outro esporte muito praticado é o golfe, principalmente entre abril e outubro, quando a temporada está aberta.

Comparado ao Brasil, a noite em Vancouver começa e termina mais cedo. Às 18h os bares, pubs e baladas já começam a lotar, e antes mesmo das 2h da madrugada, já estão vazios. Portanto, programa-se para curtir a noitada em outro horário. E lembre-se: a idade mínima para beber e frequentar alguns lugares, é 19 anos. E não adianta tentar burlar, pois a fiscalização por lá é bem rígida

Dica especial: Não deixe de visitar o charmoso bairro de Gastown. A arquitetura dos prédios da região, as diversas lojas de souvenirs, galerias de arte, bares, cafés e restaurantes, fazem do lugar um ambiente perfeito para passear e tirar muitas fotos. Uma das atrações locais é o famoso Steamclock, o primeiro relógio a vapor do mundo. Com uma precisão britânica, o relógio apita a cada 15 minutos. Vale a pena esperar um pouquinho para ouvi-lo e observar o vapor surgir desse importante monumento histórico.

Este roteiro é uma dica da

Imagens: Reprodução

Publicado em 14 abril, 2011

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *