Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Assim que terminar a apresentação de sua coleção de verão 2012, Jean Paul Gaultier embarca com destino ao Brasil para o lançamento do documentário “Jean-Paul Gaultier ou les Codes Bouleversés”, no Festival de Cinema do Rio de Janeiro. Dirigido pela ex-modelo e amiga Farida Khelfa (primeira mulçumana contratada por uma maison francesa), o filme conta um pouco dos 35 anos de carreira do estilista e traz depoimentos da diva burlesca Dita von Teese, da primeira dama francesa Carla Bruni, da cantora Beth Dito, entre outros.

Jean-Paul Gaultier

Nascido em Paris, Gaultier não teve uma educação formal. Começou no mundo da moda enviando seus desenhos para estilistas famosos de alta costura. Impressionado com o talento do jovem rapaz, Pierre Cardin o contratou como seu assistente.

Sua primeira coleção individual foi lançada em 1976, mas foi a partir da década de 80 que começou a ficar mais conhecido. Seu estilo irreverente lhe rendeu o título de “enfant terrible” (“criança terrível” em português) da moda francesa.

Ousado, desenhou roupas para a cantora Madonna, como a famosa lingerie a mostra em corpetes com os bojos cônicos , promoveu o uso de saias para os homens e causou grande impacto nos desfiles ao usar modelos pouco convencionais, como idosos, mulheres acima do peso, modelos tatuadas e com piercing, entre outras. Apesar das críticas, essa atitude lhe trouxe muita popularidade. Entre suas maiores influências, estava o movimento punk londrino.

Gaultier criou figurinos para grandes diretores de cinema como Almodóvar, Jeunet e Luc Besson. Sua linha de perfumes também teve grande êxito. O primeiro deles, o Classique, para mulheres, foi lançado em 1993 com o frasco em forma de um corselet rosa. Em 1997 debutou no mundo da alta costura e em 2003 assumiu também a direção criativa da Hermes.

Imagens: Reprodução

Publicado em 29 setembro, 2011

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *