Aproveitamos o embalo do mês de maio, conhecido por ser o mês das noivas, para realizar alguns posts sobre esse dia tão especial que é o dia do casamento. Para começar que ta conhecer um pouco mais sobre a origem dessa tão celebrada cerimônia?

A ORIGEM DO CASAMENTO

Não é possível datar exatamente quando as cerimônias de casamento surgiram, porém muitos historiadores e pesquisadores costumam apontar afirmar que a origem do casamento (da maneira que conhecemos) remonta a Roma Antiga.

Foi nessa época que apareceram as primeiras cerimônias religiosas com a presença de uma noiva. Para essa ocasião, as mulheres usavam trajes especiais e prendiam nos cabelos flores brancas (para simbolizar e vida longa) e ramos de espinheiro (para fixar o penteado e afastar os maus espíritos). O uso do véu apareceu anos mais tarde e era uma referência à deusa romana Vesta, que protegia os lares, e simbolizava a honestidade e virgindade da noiva, virtudes imprescindíveis para uma boa prole e a continuação do “sangue”, segundo os costumes da época.

No início, o casamento era visto mais como um ato comercial do que de amor. O objetivo da união era legalizar uma unidade familiar, seja para legitimar os filhos e a herança, estabelecer alianças entre famílias e clãs ou até mesmo a reunião e troca de bens e riquezas. Por conta disso, as noivas eram prometidas pelos seus familiares desde cedo e o matrimônio acontecia quando o homem completasse 18 anos e a mulher entre 12 e 13 anos.

Durante muito tempo não era obrigatório ter a bênção de um sacerdote. Esse costume só foi oficializado com o Concílio de Trento, no século XVI. Desse momento até a segunda metade do século XVIII, somente os casamentos celebrados pela Igreja Católica eram reconhecidos como legítimos para todos os efeitos. Foi somente após as revoluções Francesa e Protestante que o casamento civil surgiu e ganhou força na Europa.

CASAMENTOS QUE FICARAM NA HISTÓRIA

Ao longo do tempo, tivemos muitos casamentos que entraram para a história do mundo, seja pela suntuosidade das cerimônias, pelos nomes envolvidos, por marcos que eles deixaram, alguns são até hoje relembrados. Separamos alguns desses casamentos, com foco no século XX e XXI, para mostrar para vocês:

John Fitzgerald Kennedy e Jacqueline Bouvier – 12 de setembro de 1953
O jovem senador John F. Kennedy e a socialite Jacqueline Bouvier se casaram em uma fazenda em Newport, no estado de Rhode Island. Foram mais de 750 convidados presentes na cerimônia presidida pelo Arcebispo Richard Cushing. Para a ocasião, a igreja foi decorada com gladíolos rosas e crisântemos brancos. O casamento foi a sensação da época: eram jovens, bonitos, ricos e com um grande futuro pela frente. Alguns anos depois, o senador se tornou presidente dos Estados Unidos e Jackie, a primeira dama mais amada e copiada de todos os tempos, se tornando ícone de estilo quase que imediatamente. O vestido de Jackie foi uma criação de Ann Lowe em seda de marfim com decote em barco, ombros destapados e uma saia com roda, bordada com minúsculas flores em cera.

Príncipe Rainier e Grace Kelly – 19 de abril de 1956

Grace Kelly, atriz americana ganhadora do Oscar e uma das mulheres mais bonitas do mundo, casou-se com o Príncipe Rainier III de Mônaco, seguindo a lei francesa e do Mônaco, na qual é realizada primeiro a cerimônia civil e só depois a religiosa. A primeira foi assistida por cerca de 80 convidados (amigos e família mais próxima), já a religiosa aconteceu Catedral de Mônaco e foi acompanhada por cerca de 600 convidados, 1600 jornalistas e mais 30 milhões acompanhando pela TV. A nova princesa entrou na catedral com um vestido de tafetá de seda e tule de 25 metros que continua servindo como fonte de inspiração para muitos estilistas até hoje. O véu era bordado com pérolas e flores de laranjeiras. Na recepção, para cerca de 600 convidados, os noivos cortaram o bolo de casamento de seis andares com a espada do príncipe.

Príncipe Charles e Lady Diana Spencer – 29 de julho de 1981
Apesar do seu fim triste e trágico, esse foi um dos casamentos mais famosos e acompanhados de todos os tempos (estima-se que ele tenha sido assistido por um bilhão de pessoas em todo o mundo). A luxuosa cerimônia realizou-se na catedral St.Paul, em Londres, e contou com a presença de 3.500 convidados. Lady Di usou um dos vestidos mais icônicos e copiados de todos os tempos, com mangas bufantes, babados e uma cauda em seda de sete metros e meio de comprimento, desenhados por David e Elizabeth Emanuel.

Príncipe William e Catherine Middleton – 29 de abril de 2011
William Arthur Philip Louis e Catherine Middleton, duque e duquesa de Cambridge, casaram-se em uma belíssima cerimônia na Abadia de Westminster, em Londres. Foi uma das celebrações mais caras e mais acompanhadas da história, assistida por mais de 2 milhões de pessoas no mundo todo, superando a marca do casamento dos pais de William. O tão especulado vestido da noiva, desenhado por Sarah Burton (diretora de criação da grife de Alexander McQueen), era branco com rendas nos ombros e nos braços e um decote V. Catherine também usou uma tiara Cartier pertencente à Rainha Elizabeth II e foi transportada à igreja na mesma carruagem que Lady Di usou em seu casamento.

Para finalizar, dois grandes casamentos que foram realizados e acompanhados aqui no Brasil e tiveram a produção de beleza by Studio W:

Imagens: reprodução.

Publicado em 22 maio, 2013

Comments are closed.