Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

O mês de outubro já se tornou símbolo de prevenção contra o câncer mais comum entre mulheres no Brasil e no mundo. Segundo o INCA, é responsável por 28% dos novos casos que surgem a cada ano. Ao ser detectado em fases iniciais, as chances de cura e tratamento aumentam significativamente, por isso é tão importante se cuidar, se observar, ter esse ato de autoamor.

Por ser uma questão tão importante de saúde, nós do Studio W apoiamos essa campanha e incentivamos clientes, parceiras, admiradoras e colaboradoras a terem esse cuidado consigo mesmas.

Nesse ano de 2018, nós recebemos a querida Stephanie Garcia junto com sua mãe e avó para realizar uma transformação no visual que chamasse a atenção para essa causa tão importante.

Ricardo Rodrigues, nosso hairstylist do Studio W Higienópolis e embaixador global de Wella Professionals, foi o responsável pela mudança do look dessas três mulheres, de três gerações diferentes. Para isso, ele utilizou o lançamento “Color Fresh Creator”, de Wella Professionals, que permite que você experimente diferentes cores no cabelo por um período mais curto, já que a coloração sai dos fios após uma média de 25 lavagens.

Sobre o câncer de mama

Diversos fatores estão relacionados ao aumento do risco de desenvolver a doença, tais como: idade, fatores endócrinos, comportamentais e genéticos. Porém, infelizmente, a incidência vem aumentando em todo o mundo, principalmente por conta do estilo de vida nas sociedades modernas. A redução do número de filhos e da prática do aleitamento materno, primeira gestação após os 30 anos, sedentarismo, obesidade (especialmente após a menopausa), o consumo de álcool, entre outros, são fatores que aumentam o risco do desenvolvimento da doença.

Existem vários tipos de câncer de mama. Alguns evoluem de forma rápida, outros, não. A maioria dos casos tem boa resposta ao tratamento, principalmente quando diagnosticado e tratado no início.

A prevenção não é totalmente possível em função da multiplicidade de fatores relacionados ao seu surgimento. Sendo assim, sua base concentra-se no controle dos elementos de risco e o estímulo de princípios protetores. Controlar o peso corporal e evitar a obesidade, por meio da alimentação saudável e da prática regular de exercícios físicos, e evitar o consumo de bebidas alcoólicas são recomendações básicas para prevenir o câncer de mama. A amamentação também é considerada um fator protetor.

Contudo, como forma de contribuir para a detecção precoce do câncer de mama, é recomendado que toda mulher conheça suas mamas e fique alerta às alterações suspeitas da doença, a qualquer tempo, tais como:

– Caroço (nódulo) fixo e geralmente indolor.

– Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja.

– Alterações no bico do peito (mamilo).

– Pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço.

– Saída de líquido anormal das mamas.

Essas alterações precisam ser investigadas o quanto antes, mas também podem não ser câncer de mama.

A observação e o autoexame deve ser feito sempre que a mulher se sentir confortável para tal. O ideal é que ele seja praticado mensalmente entre o 7º e o 10º dia contados a partir do 1º dia da menstruação. As mulheres que não menstruarem devem escolher um dia do mês. A detecção precoce também ser feita pela mamografia, quando realizada em mulheres sem sinais e sintomas da doença.

Imagens: Studio W e divulgação.

Publicado em 24 outubro, 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *