Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

O couro cabeludo sensível e dolorido é uma das reclamações mais comuns dessa região. Para se ter uma ideia, segundo um estudo encomendado pelos laboratórios de L’Oréal Professionnel, duas a cada cinco mulheres, e um a cada três homens, sofrem com algum tipo de problema nesse local.

Para garantir a saúde do couro cabeludo, além dos cuidados básicos como higienização, massagens e uso de água morna ou fria, usar produtos específicos para cuidar dessa área, permite que os fios cresçam com mais força e muito mais sadios.

Irritações, coceiras, formigamentos, vermelhidão e ardência são as principais reclamações do couro sensível. Além da predisposição, esses sintomas costumam aparecer quando há uma exposição contínua do couro cabeludo a certos tipos de agressões externas (secagem, coloração, química, stress e radiação UV) e internas (processos químicos, medicamentos e stress físico). Esses tipos de processos podem comprometer a saúde da região, tornando-a sensível e dolorida.

Com base nisso, Kérastase desenvolveu um sérum de tratamento específico para quem está sofrendo com essa sensibilidade no couro: o Sensidote Dermo-Calm.

Sensidote é um sérum universal que acalma instantaneamente os desconfortos do couro cabeludo, por meio de uma ação refrescante que suaviza os efeitos da vermelhidão, formigamento e queimação, e traz um alívio imediato às irritações. É recomendado para qualquer tipo de couro cabeludo em desconforto.

Sua fórmula contém a tecnologia PS 21(molécula inovadora que tem como objetivo reduzir a sensibilidade, a coceira e melhorar a tolerância do couro cabeludo), Mentha P, Salix N. e Glicerina (que possuem propriedades calmantes, relaxantes e hidratantes).

Deve ser aplicado no máximo 3 vezes por semana sobre o couro cabeludo sensível. Pode ser usado diretamente na mistura da coloração ou no descolorante (principalmente quando envolve a raiz) ou após a coloração. Em ambos os casos, ele promove uma melhora na sensibilidade do couro de quem já é sensível e protege a região de quem ainda não possui esse problema, acalmando a área e restabelecendo seu equilíbrio, sem alterar o resultado da cor.

Imagens: Divulgação.

Publicado em 21 agosto, 2015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *