Enquanto o cabelo é considerado a moldura do rosto, a sobrancelha é considerada a moldura do olhar. Quando mal tirada, pode derrubar qualquer visual. Já quando bem feita, ela muda a feição, valoriza o olhar, destaca o rosto, deixa a maquiagem ainda mais bonita, além de funcionar como um botox natural. Convidamos a make up artist Virginia Gregório, do Studio W Iguatemi, para contar todos os segredos para você ter uma sobrancelha perfeita:

Os tipos de sobrancelhas mais usados são a ligeiramente angulosa, a reta curvada na ponta, a angulosa e arqueada e a arqueada e arredondada. Mas isso não é uma regra, pois cada pessoa tem o seu desenho, como se fosse uma digital. O importante é seguir o contorno natural e respeitar a anatomia do rosto. Por isso, o ideal é fazer sempre com um profissional, pois ele tem um ângulo de visão diferente.

Esses pelinhos que atrapalham o contorno da sobrancelha costumam ser retirados com pinça, linha e até mesmo cera:

A pinça é a mais utilizada. Ela é ótima porque permite que o desenho seja traçado com mais precisão. “A dica é usar uma pinça de boa qualidade e segurar a pele na hora de puxar o pelo, pois isso ajuda a diminuir o atrito e não ocasionar a quebra do pelo ou uma pequena lesão, como a foliculite”, conta Virgínia. Há uma técnica de origem oriental, que também utiliza a pinça, mas tem como diferencial o posicionamento da pessoa. A makeup artist Estela Mendes, do Studio W Higienópolis, explica que ela é feita com a pessoa deitada e com o auxílio de uma lupa.

A linha também é uma técnica legal, pois assim como a pinça, ela retira apenas o pelo que você quer.

O uso da cera para esse processo não é muito indicado, pois além de causar flacidez na região dos olhos, ela pode escorrer um pouquinho, o que faz que sejam tirados alguns pelinhos que não deveriam sair.

Quem clareou muito o cabelo e ficou com a sobrancelha muito escura, pode apagá-la com coloração em apenas um tom. “Porém, isso só é recomendado para os casos em que dão muita diferença e chegam a pesar muito no rosto. Se ela for somente volumosa, um corte nos pelinhos já ajuda”, diz Virginia.

Para saber o tamanho ideal da sua sobrancelha, você pode seguir duas regras básicas do visagismo. A linha 1 determina onde a sobrancelha deve começar. Esse limite não deve ser ultrapassado, para não distanciar os olhos. Já a linha 2, indica até onde vai o comprimento.

Mesmo parecendo fácil, um erro na hora de tirar os pelos dessa região, pode causar um tremendo estrago. A solução é aguentar o máximo possível, até eles crescerem. Mas quem não tem tanta paciência de esperar, pode acelerar o crescimento recorrendo a produtos que estimulam isso, como as soluções Talika e Neulash, que devem ser passadas todos os dias, em toda a sobrancelha, antes de dormir. Mas, se a falha for da sua constituição, dificilmente nascerá um pelo.

Virgínia dá duas dicas para corrigir as falhas sem deixar a sobrancelha com um aspecto artificial: uma é maquiando a sobrancelha com sombra ou lápis específico para sobrancelha. Ambos devem ser passados com um pincel, para ficar esfumado e não tão marcado. A outra é utilizando uma tinta específica para isso, como a Refectocil, que é própria para cílios e sobrancelhas. Ela tinge o pelo, valorizando-o e sem deixá-lo com um aspecto artificial. Diferente da henna, que por tingir a pele, acaba trazendo um ar fake ao visual.

Imagem: revista Studio W.

Publicado em 20 outubro, 2011

2 Comments

  1. Posted by Luciana Claudina Ansante on

    É por isso que eu AMO a Virginia!!! Só ela mesmo pra me aguentar….. vou de Pindamonhangaba para o W Iguatemi todos os meses para vê-la!!!!

  2. Posted by edneia on

    gostei muito das informaçoes