Yves Saint Laurent foi um dos maiores estilistas do século passado e a grife que leva o seu nome é tida até hoje como referência em moda, bom gosto e sofisticação.

Quem admira a marca como nós vai adorar a novidade luxuosa que o Studio W e a Kérastase prepararam: um kit exclusivo Yves Saint Laurent, com um batom incrível, um mini perfume e uma necessárie chiquérrima.

Quer ter um de presente? É só passar em uma das lojas Studio W que te contamos o que fazer para garantir o seu.

Yves Saint Laurent é considerado um dos maiores ícones da moda do século XX. Símbolo de bom gosto e elegância, sua marca ficou conhecida em todo o mundo por alinhar perfeitamente praticidade e sofisticação. Amigo de algumas das mulheres mais ricas e famosas do mundo, foi um pioneiro da moda, o primeiro estilista a colocar transparência e desfilar com modelos negras nas passarelas. Além disso, ajudou a popularizar o prêt-à-porter. Durante sua vida apresentou mais de setenta coleções de alta-costura e lançou uma infinidade de produtos que, ainda hoje, são vendidos em todo o mundo.

Yves Henri Donat Mathieu Saint-Laurent nasceu na Argélia, mas construiu sua carreira na França. Aos 17 anos, mudou-se para Paris para estudar estilismo e logo foi contratado para ser assistente de Christian Dior, assumindo a direção artística da maison aos 21 anos, após a morte de Christian.

Em 1965, Saint Laurent apresentou uma coleção composta de formas geométricas e cores vivas inspirada nas obras do pintor holandês Piet Mondrian. O vestido Mondrian tornou-se um dos mais famosos da história da moda e do mundo. Feito em Jersey e com estampa de cores primárias, ele teve como base o quadro “Composição A” de 1920.

No ano de 1966, apresentou a coleção “Pop Art” e criou seu primeiro “Smoking” para mulheres. Foi nesse ano também que criou a Yves Saint Laurent Rive Gauche, uma linha de prêt-à-porter que era vendida inicialmente em uma boutique na 21 rue de Tournon. Nessa época, desenhou os figurinos de uma das obras clássicas do cinema dos anos 60, “La belle de jour” (A Bela da Tarde), de Luís Buñuel, estrelado por Catherine Deneuve.

Na década de 70, Saint Laurent deu o que falar. Primeiro posou nu, em 1971, para a campanha publicitária da fragrância masculina “Pour Homme” fotografada pelo famoso Jeanloup Sieff. Depois, em 1977, lançou o perfume feminino “Opium”,  que gerou algumas complicações com a polícia francesa e muita polêmica com os periódicos.

Em 1978, é criada a Yves Saint Laurent Beauté, divisão da marca para maquiagens, tratamentos e perfumes para homens e mulheres. A linha de make up, lançada no mesmo ano, tinha como slogan “Yves Saint Laurent gives a face to the woman he dresses” (“Yves Saint Laurent dá um rosto para a mulher que ele veste”, em livre tradução).

No ano de 1983, é realizada no MET (Metropolitan Museum of Art), em NY, a retrospectiva “Yves Saint Laurent, 25 Anos de Design” que teve curadoria de Diana Vreeland. Foi a primeira vez que uma exposição foi dedicada a um designer de moda vivo.

Em 2002, após 40 anos de carreira, Yves Saint Laurent deixa o mundo da moda. Seu último e majestoso desfile aconteceu no Centre Georges Pompideu, em Paris, e contou com a presença de ilustres amigos.

Em março de 2004, Stefano Pilati é nomeado diretor criativo da Maison. Durante 2006, Val Garland assume como conselheiro artístico para a Yves Saint Laurent maquiagem.

E a notícia mais recente que temos é que a maison Yves Saint Laurent passará a ser conhecida como Saint Laurent Paris. A mudança, anunciada por Heide Slimane, marcará o início da reformulação da marca. Segundo um porta-voz da grife, Slimane quer “restaurar a pureza e essência da maison”. De acordo com o WWD, o logo icônico YSL, criado em 1961 pelo designer gráfico Cassandre, continuará a ser impresso em uma série de produtos.

Imagens: reprodução

Publicado em 17 julho, 2012

Comments are closed.